6 de maio de 2011

Conferências do Estoril dia 2

Ontem o meu dia nas conferências começou com Larry King e Mário Crespo.
Ao seu melhor estilo, Mário passou o tempo a dizer ao Larry o quanto o venerava e a dada altura diz qualquer coisa do estilo: "é uma sorte ainda não ter sido preso, ser jornalista em Portugal não é fácil."
Confesso que pensei por momentos que ia oferecer uma T-shirt ao Larry como aquela que levou para o Parlamento.
The King, como lhe chama Clara de Sousa, esteve bem humorado proporcionando uma bela conversa que não teve muito a ver com o tema anunciado: "O Futuro da Democracia face aos Desafio Globais".
Segui-se o Rodrigo Moita de Deus na sua qualidade de CEO da Nextpower a apresentar a sua já famosa comunicação sobre social media, baseada no livro de Vladimir Lenine: "o que fazer".
Confesso que em alguns momentos pensei em atirar-lhe um sapato pelo sacrilégio de ouvir um direitolas deste calibre a citar o Vlad mas lá me contive.
Foi interessante a exposição, apesar de não perceber muito de política, de social media até dá uns toques.
Ainda com o tema das revoluções, segui para a conferência de imprensa com ElBaradei onde tive oportunidade de lhe fazer umas perguntas que postarei aqui assim que tiver um tempinho para isso.
Posso para já afirmar que me deixou boas indicações para a resolução do conflito israelo-palestiniano, bem como para o futuro das mulheres em termos de participação política no Egipto.
Assim perdi a maior parte do painel "depois da crise", só apanhei a parte final com o David Held e Pauline van der Meer Mohr que fizeram ambos uma comunicação cheia de qualidade e de espiríto crítico.
Held já conhecia, a Pauline foi uma bela surpresa.
Francis Fukuyama foi a estrela que todos queriam ver e só não me desiludiu porque não tinha grandes ilusões.
Veio basicamente fazer a apresentação pública do seu novo livro "The Originis of Politicall Order" e pouco mais.
Hoje mais uma vez tivemos o prazer de ouvir Alex Bennet e de momento escuto Villepin, a falar sobre a construção(?) europeia.
Podem seguir as conferências aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário